Dicas para projetar e fazer detalhamento de forro de gesso


Fazer o projeto e o detalhamento de forro de gesso não é uma tarefa fácil, mas um bom forro junto de uma boa iluminação é essencial para deixar o ambiente mais aconchegante e bonito. Por isso não basta apenas pensar os detalhes, curvas e sancas, é também necessário saber como funciona o forro para que você consiga colocar no papel e tudo seja executado exatamente da maneira que você pensou.

como fazer detalhamento de rebaixo de gesso

Antes de qualquer coisa, é preciso saber os significados relevantes para especificações do forro do gesso, veja alguns exemplos abaixo:

  • Gesso convencional: É o tipo mais comum, mas também o mais trabalhoso e mais pesado. Porém 50% mais barato. Esse tipo de gesso precisa ser plumado e de alinhamento, mas se bem feito fica perfeito. Ele permite os detalhes mais desenhados.
  • Drywall: É uma chama de gesso revestida com papel acartonado, fixados em uma estrutura metálica. A sua colocação pode ser feita em qualquer ambiente, inclusive paredes feitas com esse material. O custo é um pouco maior, mas esse material faz menos sujeira que o anterior durante a colocação e é mais fácil de ser instalado.
  • Sancas: Elas podem ser fechadas, abertas ou invertidas. Se dá por diferenças de alturas feitas no gesso, como por exemplo as sancas invertidas, possuem as laterais abertas e a iluminação se dá por fita ou corda de led iluminando a laje no sentido das paredes, já a sanca aberta, ilumina no centro do ambiente.
  • Molduras: São aquelas bordas em volta das paredes e próximas ao forro que dão acabamento a pintura mas também deixam os ambientes mais elegantes. São feitas de gesso convencional, mas se você procurar, encontrará em materiais alternativos que barateiam, mas não podem ser usados em qualquer local.

Tipos de forro gesso e sancas

Rebaixamento de forro de gesso simples:

O gesso pode ser um rebaixamento simples, que normalmente se dá por volta de 15cm, mas pode ser da altura que você quiser. O pé-direito ideal não é uma regra, porém quando temos um forro padrão de apartamento de 260cm, o comum é rebaixar os 15cm para ficar com 245cm. Banheiros costumam ter o pé-direito um pouco mais baixo.

Veja abaixo um exemplo de rebaixamento simples de gesso, apenas com spots de iluminação de dicroicas.

forro de gesso simples sem sanca

Rebaixo com sanca fechada:

A sanca fechada se dá a um rebaixo feito além da laje ou do rebaixo simples, mas fechada nas laterais como na imagem abaixo. O fechamento pode ser reto ou com molduras.

sanca de gesso fechada o que e

Rebaixo com sanca aberta:

A sanca aberta possui as laterais abertas voltadas para o centro, podendo ser a moldura que dá acabamento a iluminação reta ou não. A iluminação pode ser feita com corda de iluminação ou fita de LED, em várias cores e tons mais quentes ou frios.

exemplo de sanca aberta com iluminacao

Rebaixo de sanca invertida:

A sanca invertida possui a iluminação voltada para a parte de fora, viradas para a parede. A forma de iluminação é a mesma anterior.

como e sanca invertida decoracao

Curso de projeto e Paginação de Gesso

Nós explicamos muito basicamente sobre o rebaixamento de gesso e os tipos de sanca, mas na hora do detalhamento as coisas não são tão simples, por isso busquei alguns cursos online sobre o assunto e separei o melhor deles. O curso de projeto de paginação de gesso, que nos capacita a elaboração do desenho técnico do forro de gesso para que a compreensão e execução desse projeto seja bem feita.

Curso para projeto de forro de gesso e sancas

O curso para projeto de rebaixo de gesso que possui carga horária de 16h é composto por:

  • Planilhas em Excel como material de apoio
  • Vídeo aulas
  • Exercícios complementares
  • Professores capacitados
  • Certificado impresso e reconhecido nacionalmente
  • Apostilas em PDF

E o conteúdo disponibilizado é bem completo, constando:

  • História do gesso e fabricação para entender como é o produto final que usamos nas obras;
  • Explicação sobre o gesso comum, o que pode ser feito com ele e como ele funciona;
  • Explicação sobre o gesso acartonado, como usar, no que usar e as grandes diferenças em cada tipo de produto;
  • E finalmente na última fase do curso você aprenderá a fazer os projetos e detalhamentos do forro de gesso, com ou sem sancas, além de escalas, e a melhor forma de apresentar o projeto para o cliente e para o gesseiro.

Saiba mais sobre o curso, no link abaixo:

botao-curso-online

Dicas para projetar e fazer detalhamento de forro de gesso
4.69 (93.85%) 13 votes

Deixe um comentário