Cozinha de restaurante: como decorar sem perder a eficiência


Se você pensa em abrir um estabelecimento alimentício, então é importante saber como decorar cozinha de restaurante de uma maneira que os profissionais ali mantenham a eficiência em serviço.

Afinal, o ritmo de trabalho das cozinhas de restaurantes é frenético. Por causa disso, é importante que a decoração seja feita de uma maneira que privilegie o trabalho, mas ainda assim seja elegante e bonita.

Mas como decorar cozinha de restaurante da maneira certa? É o que veremos no artigo abaixo. Portanto, siga a leitura!

Pense em como decorar cozinha de restaurante por setores

O que muita gente que nunca trabalhou no segmento alimentício não sabe é que uma cozinha de restaurante não tem nada a ver com uma cozinha caseira.

Na verdade, ela é composta por vários setores e, por isso, deve ter sua decoração pensada de maneira bem específica, levando em consideração esses segmentos.

Os principais setores de uma cozinha de restaurante são:

  • Recebimento;
  • Estoque;
  • Preparo;
  • Cocção;
  • Higienização.

O recebimento é o setor em que a cozinha tem contato com o mundo exterior ao receber as matérias-primas dos fornecedores. Deve ser um espaço amplo, com contato direto com a rua. Ali será feita a triagem dos materiais recebidos e a pré-higienização deles antes da estocagem. Por isso, deve ter muito espaço, equipamentos para pesar os alimentos e água corrente para a higienização deles.

O estoque é a área de armazenamento da cozinha. Deve ter controle de temperatura adequado e ser equipado com freezers e geladeiras, além de câmaras frias ou armários dependendo do tamanho do restaurante.

O preparo é a terceira área da cozinha e, normalmente, a que recebe o maior foco. Ali, os alimentos são manipulados e preparados para serem levados ao fogo. É onde os ingredientes são descascados, cortados, fatiados, temperados e tudo mais. Por isso, deve ter acesso a água corrente, ficar perto de pontos de descarte e contar com equipamentos de corte e preparo disponíveis.

A cocção é a área em que estão os fogões e fornos para a finalização dos alimentos. É importante que essa área seja afastada das outras para não causar acidentes, além de ter ventilação adequada para não sofrer com excesso de calor.

Por fim, a higienização é o setor onde está a pia e os equipamentos de limpeza para higienizar os talheres, pratos e outros equipamentos. O setor deve ser o primeiro a receber os pratos que vêm das mesas e estar próximo para fornecer pratos para o setor de preparo finalizar cada item.

Converse com os chefs para entender qual o fluxo de trabalho

Quando for fazer o projeto da decoração da cozinha, converse com os chefs do seu restaurante ou fale com alguns colegas profissionais para entender qual é o fluxo de trabalho mais comum.


É importante ter em mente que só dá para conseguir aliar a decoração à eficiência do local se pensarmos no fluxo de trabalho daquele restaurante.

Esse deve ser o ponto inicial do projeto de decoração: o resto vai se moldando às necessidades do lugar. Se não for assim, não dá para obter o máximo de eficiência dentro da cozinha.

Aprenda como lidar com a gordura, vapor e umidade

coifa profissional para cozinha industrial
Foto: Daniela Braga

Uma das dificuldades de como decorar cozinha de restaurantes é lidar com elementos típicos desse ambiente, como a gordura, o vapor e a umidade.

Isso porque esses elementos afetam diretamente a qualidade do serviço, as normas de segurança e regras sanitárias, além dos móveis e equipamentos colocados ali.

Por isso, é importante ter uma estratégia focada nesses elementos para tirar o melhor da decoração da sua cozinha

Uma das principais formas de lidar com esses elementos é instalar uma coifa profissional ou mais de uma na cozinha para remover a umidade e o vapor do lugar.

Além disso, o uso de equipamentos inoxidáveis ajuda a minimizar os danos causados por esses elementos. Para finalizar, é importante ter um membro da sua equipe responsável por fazer uma limpeza regular para reduzir a quantidade de gordura nos equipamentos.

Evite comprar utensílios que serão difíceis de limpar

Um dos grandes dilemas na questão da estética contra a eficiência é que muitas cozinhas usam equipamentos que são muito bonitos, mas dificílimos de limpar.

Seja por causa de ranhuras ou outras questões, certas facas, copos e itens são muito difíceis de manter higienizados, o que contraria as regras sanitárias. Uma faca com sujeira acumulada nas ranhuras, por exemplo, pode render uma multa enorme.

escolha dos utensilios de cozinha

Por isso, na hora de comprar os equipamentos para a cozinha, privilegie aqueles que são fáceis de limpar e de materiais com pouca absorção de umidade. Assim, é possível mantê-los higienizados por mais tempo e com maior facilidade.

E aí, aprendeu como decorar cozinha de restaurante de modo a aliar a eficiência com a organização e estética do lugar?

Agora é só colocar em prática as dicas que demos aqui e montar a melhor cozinha possível para o seu negócio.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.