Dicas para ter um cachorro em um apartamento pequeno

Cachorro é tudo de bom, e eles merecem receber todo o amor e carinho que temos para dar. Nós, no ano passado, adotamos uma cachorrinha muito fofa, da qual demos o nome de Luna, um amor em forma de cachorro! Ela atualmente está morando comigo no apartamento da mãe, mas também irá para casa a nova. Nossa adaptação foi simples e fácil, então decidimos fazer um post, para quem como nós, também tem ou quer ter um cachorro em um apartamento pequeno.

A Luna foi adotada na Ong Onda Animal, em Cachoeirinha. É um cachorro de porte pequeno/médio, que agora já está conosco há 7 anos e tem aproximadamente 10, 11 anos. Olhem que linda:

Tenho que confessar que quando optei por ter um cãozinho, pensei inicialmente em comprar por saber o porte que ficaria, a personalidade da raça e etc. Porém, no centro da minha cidade, tem uma feirinha de adoção todo sábado, com lindos filhotes e cães adultos de todos os portes. Após eu e meu marido irmos a feira no sábado, decidimos ir na terça-feira até a Ong tentar encontrar nosso cão. Foi aí que nos mostraram essa fofura, estava com o pelo longo, sujo e cheio de nó. Levamos imediatamente para o banho e no caminho já escolhemos o nome, Luna :).

Desde o início tivemos um amor a primeira vista, nosso por ela, e dela por nós, e assim a adaptação no apartamento foi muito simples, mas claro que nem sempre é assim. Além do amor envolvido, ela sempre foi muito higiênica, e raramente fez as suas necessidades dentro de casa. Levamos para passear de 3 a 4x ao dia para que ela possa fazer tudo na rua, pois ela nunca se adaptou a fazer dentro de casa.

Importante frisar que nem sempre a adaptação é fácil para se ter um cachorrinho dentro de casa, então separamos algumas dicas para quem também quer ter um animalzinho no apartamento.

Dicas para ter um cachorro dentro de casa:

Personalidade do cachorro

Primeiramente, você tem que entender que animais são como pessoas, e possuem um temperamento próprio. No caso de você adotar um cachorro adulto, é mais fácil saber se ele é agitado, calmo, etc… Quando filhotes, os cães são mais ativos e com o tempo podem ficar um pouco mais tranquilos.

Algumas vezes, os animais podem ser medrosos, temperamental, assustados, ter dificuldade de interação. Nesse caso, pense na possibilidade de dar Florais especiais para cachorros, isso pode ajudar. Nós demos floral para o medo por uns 6 meses, e hoje ela melhorou bastante. (Pergunte ao seu veterinário antes de utilizar).

Alimentação

Certifique-se de sempre deixar água fresca a disposição e ração de qualidade, na quantidade ideal. A quantidade depende do peso do animal, mas a maioria das rações indicam na embalagem do produto. Uma boa ração também evita o mal cheiro do peludo. Sempre lave bem as tigelas.

Saúde

Mantenha a saúde do bichinho em dia, carteirinha de vacinação e vermífugos atualizados. A saúde do seu amigo é muito importante. Dê banho ou mande para o Pet Shop a cada 15 dias aproximadamente. Existem também remedinhos anti-pulgas e carrapatos muito importante para todos os cães.

Vira lata x Cachorro de raça

Muita gente só pensa em comprar um cachorro, mas mantenha a cabeça aberta, pense nos cachorrinhos de rua pois eles tem muito amor para dar e você estará salvando uma vida.

Castração

A castração facilita muito no dia a dia. Nas fêmeas por elas não ficarem no cio e “menstruadas” dentro de casa, e segundo os veterinários os machos ficam menos teimosos e mais educados.

Além disso, castrar diminui as chances de câncer e outros problemas em fêmeas.

Sozinho em casa

Acostume seu cãozinho a ficar sozinho, e para que ele fique mais tranquilo sempre deixe brinquedos, água e ossos de cachorro para que ele não fique entediado ou nervoso. Quando for sair de casa, tente fazer um passeio com o seu cachorrinho para deixá-lo mais calmo. Há quem diga que deixar a televisão ligada também acalma.

Passear com o cachorro

Passeie com ele 3 a 4 vezes ao dia caso ele faça as necessidades na rua, mas pense que se a sua ideia é que ele se acostume com isso, ele não irá fazer nada dentro de casa nem mesmo em dias de chuva. Por morar em apartamento, o seu amigo irá precisar de exercícios, então passear 30min por dia é o ideal.

No apartamento

Tenha um cantinho para ele dormir e comer, e quem sabe até para fazer as necessidades em um jornal se for o seu caso. Tenha em mente que cães soltam pelo, então você precisará limpar sofás e tecidos com frequência, os pelos aparecem por toda a casa! Se o cãozinho fizer as necessidades dentro do apartamento, compre produtos específicos para que ele não faça xixi pela casa toda (como o pipi pode, pipi não pode).

Bom pessoal, essas são algumas dicas simples de quem adotou um cão, mas não é profissional! Então para mais dúvidas o ideal é conversar com um veterinário!